Candyman

Lendo Candyman, conto de 1984, de Clive Barker, edição da Darkside Books, não pude evitar a associação com histórias que conhecemos das comunidades do Rio de Janeiro. Claro, nessas, o terror não é sobrenatural. A realidade dessas áreas é bem real e concreta.

A semelhança está na narrativa que o autor fez de um bairro degradado e violento, onde os moradores se submetem ao silêncio imposto pelo algoz. Uma verdadeira omertá. A descrição das pichações e tapumes remete à Nova Iorque dos anos 80.

Esse pano de fundo dá o tom da encrenca em que a personagem principal (Helen) se mete por não conter a sua curiosidade, quando todos os sinais que ela recebe dizem “dê o fora daqui”.

O terror escondido pelo silêncio das pessoas com que Helen interage vai surgindo por um caminho inevitável. A angústia reside na insensatez das ações tomadas, a qual Barker compartilha com leitor. Insensatez instigada por uma relação psicologicamente abusiva que Helen tem com um parceiro intelectualmente arrogante e castrador.

Helen quer provar a si própria e desprovar o companheiro, a qualquer custo.

A história sofre interessante um twist no final. Até chegar lá, pensava que o conto terminaria diferentemente. Mas o terror também estava em outro aspecto da protagonista, que se submete a um jogo sádico, por vontade própria.

O livro foi transformado em um premiado filme de 1992, com a direção de Bernard Rose. A história no cinema é outra e – perdoem-me os fãs – ruim. Fico com o conto.

A edição da Darkside é linda. Com capa dura e papel amarelado para facilitar a leitura, a edição é um prazer a parte para ser exposto na estante da sala.

Só não entendo por que o alto relevo da capa são pequenos círculos.

Deveriam ser pequenos hexágonos.

Como uma colmeia.

Agora adquira o seu!

Suas compras através de nossos links ajudam a manter o blog.
Basta clicar nas imagens abaixo e comprar na loja virtual!


Quer comprar outros livros de  Clive Barker?
Clique aqui para ver outros títulos dele!

Quer comprar outros títulos da DarkSide Books?
Clique aqui para ver outros títulos dessa editora!

Se você curtiu esta postagem, clique no botão curtir e deixe um comentário abaixo para que possamos trocar mais ideias!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: