Robert Johnson: O Cão da Encruzilhada – Campanha em andamento no Catarse

A Skript Editora não para e nos apresenta um dos seus últimos projetos Robert Johnson: O Cão da Encruzilhada, que encontra-se em financiamento coletivo no Catarse.

Para quem não está relacionado o nome do santo ao diabo, Robert Johnson é um dos mais famosos cantores e músicos de blues, influenciando não só artistas desse estilo musical como muitos outros, por exemplo o próprio rock.

Robert Johnson - Músico - Canto do Gárgula
Robert Johnson – Músico

Estêvão Ribeiro é o nome que assina o argumento e a arte desse quadrinho bibliográfico, ainda que existam inúmeras lacunas no ano em que Robert Johnson some e retorna como um músico acima de todos os outros, incluindo seus mestres.

Robert Johnson O Cão da Encruzilhada - Estevao Ribeiro - Catarse - Skript Editora - Canto do Gárgula
Robert Johnson O Cão da Encruzilhada – Estevao Ribeiro – Skript Editora

Este retorno criou uma mística sobre o músico e ele mesmo a alimentava dizendo que tinha feito um pacto com o demônio em uma encruzilhada. Essa fama se intensifica ainda mais com sua morte prematura aos 27 anos, estreando sua entrada no Clube dos 27, famoso pelos artistas que, como Johnson, morreram com essa mesma idade.

Robert Johnson O Cão da Encruzilhada - Estevao Ribeiro - Catarse - Skript Editora - Canto do Gárgula
Robert Johnson O Cão da Encruzilhada – Estevao Ribeiro – Skript Editora

Além da própria música, onde despontou como gênio, sua história foi retratada em outros quadrinhos e filmes tornando-se assim uma lenda.

Robert Johnson O Cão da Encruzilhada - Estevao Ribeiro - Catarse - Skript Editora - Canto do Gárgula
Robert Johnson O Cão da Encruzilhada – Estevao Ribeiro – Skript Editora

Com certeza um material que não só fãs de blues vão querer ter em suas coleções. Faça o seu apoio o quanto antes.

Se você curtiu esta postagem, clique no botão curtir e deixe um comentário abaixo para que possamos trocar mais ideias!

Deixe uma resposta

Powered by WordPress.com. Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: