As Boas Damas, uma novela de Sherlock Holmes

Sou fã de Sherlock Holmes

Quem acompanha o blog, já percebeu algumas de minhas paixões e, Sherlock Holmes é uma delas. Sou muito fã do universo, principalmente da personagem que lhe dá nome. Por isso, leio não só o seu cânone, como também as releituras feitas. Assim cheguei em As Boas Damas: Uma novela de Sherlock Holmes.

As Boas Damas - Clara Madrigano - Canto do Gárgula
As Boas Damas – Clara Madrigano

Uma personagem pra lá de especial

Clara Madrigano assina uma dessas releituras, criando um desfecho deveras interessante ao nos apresentar Annabel Watson, filha do melhor amigo de Holmes, o Dr. Watson. Temos neste cenário o detetive já mais velho e sua última ligação com o velho amigo, criando uma empatia forte com o leitor que percebe a ação do tempo sobre os personagens. 

Nessa novela, o sobrenatural existe em uma dose muito bem inserida, que lembra perfeitamente a atmosfera mística das histórias de Arthur Machen. Gostei muito da forma como ela executou a mistura do sobrenatural, respeitando a essência racional de Holmes.

Conclusões Finais

Ao final, vemos o Holmes humano e a jovem Annabel, uma mulher forte, decidida e forjada por dois dos melhores personagens do mundo da literatura policial. Ela realmente teve a quem puxar, não lhe impedindo de ser dona de uma personalidade ímpar e apaixonante. Precisamos de mais histórias de Annabel sem dúvida alguma, pois me cativou bastante.

Uma fan fiction que homenageia Sherlock Holmes e Watson de uma maneira peculiar e bem feita.

Elementar meu caro leitor, que indico a leitura. 

Agora adquira o seu!

Suas compras através de nossos links ajudam a manter o blog.
Basta clicar nas imagens abaixo e comprar na loja virtual!

Se você curtiu esta postagem, clique no botão curtir e deixe um comentário abaixo para que possamos trocar mais ideias!

Deixe uma resposta

Powered by WordPress.com. Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: