O Chamado de Cthulhu, da Skript Editora

Uma obra de luxo

Quando a Skript Editora anunciou que faria uma edição especial da novela O Chamado de Cthulhu, de H. P. Lovecraft eu fiquei bastante animado.

O Chamado de Cthulhu - H P Lovecraft - Salvador Sanz - Skript Editora - Canto do Gárgula
O Chamado de Cthulhu – H P Lovecraft – Salvador Sanz – Skript Editora

A campanha de financiamento coletivo no Catarse foi um sucesso e bastava agora aguardar a chegada do volume. Pois esse momento chegou e, no mesmo dia, devorei a obra!

Uma edição digna para o mais famoso texto de Lovecraft

Logo ao abrir minha encomenda, fiquei fascinado pelo trabalho. A edição mostra o cuidado que a editora teve com todo o projeto gráfico e a diagramação feita pelo editor Johnny C. Vargas. Um trabalho primoroso a cada página.

O Chamado de Cthulhu - H P Lovecraft - Salvador Sanz - Skript Editora - Canto do Gárgula
O Chamado de Cthulhu – H P Lovecraft – Salvador Sanz – Skript Editora

O primeiro detalhe foi a opção de uma obra em formato paisagem, deitada, que ajuda muito a enaltecer as ilustrações internas de Salvador Sanz. A capa dura inclusive também contribui para uma obra elegante e diferente, detalhes que  agregam muito.

O Chamado de Cthulhu foi escrito por H. P. Lovecraft em 1926 e tornou-se sua criação mais conhecida, trazendo à tona, literalmente, seu Antigo igualmente reconhecido, Cthulhu! A tradução do texto foi feita por Mariana Fernandes Morgado Costa.

Extras que agregam demais

A Skript Editora teve a preocupação de trazer para essa obra um texto introdutório intitulado Quando os tentáculos de Cthulhu tomam o Brasil, da incrível Nathalia Sorgon Scotuzzi. Mais uma vez a pesquisadora nos engrandece com seu vasto conhecimento sobre Lovecraft.

Confesso que quis escrever ciclópico no lugar de vasto, mas poderia parecer uma ironia. A ideia, no entanto, me veio da admiração que tenho pelo trabalho que Nathalia incansavelmente faz à literatura nacional.

O Chamado de Cthulhu - H P Lovecraft - Salvador Sanz - Skript Editora - Canto do Gárgula
O Chamado de Cthulhu – H P Lovecraft – Salvador Sanz – Skript Editora

O segundo extra, e nem por isso menos importante, é o texto intitulado Lovecraft e o racismo, do meu amigo Thiago de Barros Carneiro, comandante do maravilhoso canal AfroNerd (que todos devem seguir). Esse extra está no final do livro. 

Em seu texto Thiago pontua a importância da leitura crítica à obra de Lovecraft, expondo seu lado racista, indicando como devemos sempre buscar aprender e melhorar como pessoas. Não poderia ter escolha melhor trazer ele para a execução desse texto, que é uma pequena aula, tão importante nos dias em que vivemos.

As ilustrações de Salvador Sanz são outro agrado aos fãs. Suas artes ilustram com maestria o trabalho da editora, trazendo ao leitor o vislumbre dos acontecimentos do texto de Lovecraft. Seu traço evoca o sobrenatural e nos faz sonhar.

Conclusões finais

Uma obra que faz a devida reverência à criação de H. P. Lovecraft na medida exata que os 94 anos que nos separam de sua execução, pede.

Os olhares atuais podem e devem ler a obra do Cavaleiro de Providence tendo para isso a responsabilidade em passar tanto pela sua genialidade quanto seus erros. Aprender com o passado nos garantirá um futuro melhor!

O chamado já foi feito e Cthulhu, mais uma vez, se levanta esperando você.

Boa leitura! 

Agora adquira o seu!

Suas compras através de nossos links ajudam a manter o blog.
Basta clicar nas imagens abaixo e comprar na loja virtual!

Quer comprar outros livros de H. P. Lovecraft?
Clique aqui para ver seus outros títulos!

Quer comprar outros livros de Salvador Sanz?
Clique aqui para ver seus outros títulos!

Quer comprar outros títulos da Skript Editora?
Clique aqui para ver outros títulos dessa editora!

Se você curtiu esta postagem, clique no botão curtir e deixe um comentário abaixo para que possamos trocar mais ideias!

Deixe uma resposta

Powered by WordPress.com. Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: