Revista Diário Macabro n°3

Uma série que ganhou seu espaço nas minhas leituras

A Revista Diário Macabro sem dúvida alguma tem espaço reservado nas minhas leituras. Agora no terceiro volume, indico demais a leitura dos dois volumes anteriores (resenhados aqui e aqui, respectivamente).

Capa da revista com três pessoas usando uma máscara pálida em frente à uma mansão amarelada.
Revista Diário Macabro 3 – Vários autores – Editora Diário Macabro

Parabéns à Editora Diário Macabro pela criação de uma proposta tão cativante! Vida longa à Revista Diário Macabro!

Mais um leque de escritores se abre

Em cada volume é certo que, dado à quantidade de contos entregue, você acabe gostando de vários deles. Dos contos deste terceiro volume, gostei muito dos seguintes:

O último residente do Charco da Névoa, de Fábio Aresi

Um conto onde Fábio Aresi constrói uma atmosfera caótica e solitária em meio a um pântano assustador. Nesse clima terrível, ele traz uma pitada de fantasia, bem leve, que compõe junto à desolação.

A Cidade Pálida, de Jorge Martins

Nada como lugares estranhos e deslocados, onde não sabemos onde começa o real ou termina o irreal. Um conto para lá de sinistro que inclusive é representado na capa. Quem assina é Jorge Martins.

A coisa que se arrasta na escuridão, de Alfredo Alvarenga 

O conto de Alfredo Alvarenga é curto e muito bom, com uma forte inspiração lovecraftiana. Os sonhos de um astrônomo se tornam seu pior pesadelo. Vale a leitura! 

Ponto final, de Rainer Pompermayer

A tensão aqui é máxima. Os mais corajoso se perguntam se uma história estranha e sinistra como essa poderia ser verdade ou não. O problema é você pensar isso sendo um motorista de ônibus. Sensacional! Criação de Rainer Pompermayer.

Chuva de sangue, de Rui Bastos

Uma história absolutamente além da imaginação, passada em Lisboa. Um final que nos faz refletir muito depois de nos jogar uma premissa estranha do mal cair do céu em forma de chuva! Uau! Escrito por Rui Bastos.

Sartorius, de Pedro Teixeira 

Um excelente conto de ficção científica, escrito por Pedro Teixeira, repleto do mais puro horror que vai te remeter a bons filmes que se passam no espaço. Vale muito a leitura, pois te arranca mesmo da realidade! 

Ilustrações são sempre bons respiros

As escolhas das ilustrações sempre dão um certo respiro ao leitor. Elas ainda são capazes de o fazer imaginar mais e mais. Nessa revista temos várias ilustrações dos artistas Diego Castro, Dan Ramos, Vitor Wiedergrün, David Alan e Pedro Andrade (que faz as ilustrações dos contos). A capa que assina é Thiago S. Mota e a tirinha é criação de Ikarow

Conclusões finais 

Chegando ao terceiro volume das Revistas Diário Macabro, reafirmo minha paixão pelo formato. Indico demais a compra aos nossos leitores, pois a qualidade da obra é impecável! 

Agora abro o quarto volume e sinto o peito bater forte. Mais uma vez, adentro um mundo de muitas histórias bizarras! 

Boa leitura!

Quer comprar outros títulos da Editora Diário Macabro?
Clique aqui para ver outros títulos dessa editora!

Se você curtiu esta postagem, clique no botão curtir e deixe um comentário abaixo para que possamos trocar mais ideias!

Deixe uma resposta

Powered by WordPress.com. Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: