Aos que habitam a escuridão e outras histórias, de Cesar Alcázar

Contos que te fazem roer as unhas

Quando iniciei a leitura de Aos que habitam a escuridão e outras histórias, de Cesar Alcázar, entendi que tinha em mãos um livro de rara beleza. É uma publicação da AVEC Editora e está disponível em formato de ebook.

Capa do livro Aos que habitam a escuridão e outras histórias, de Cesar Alcázar, publicação da AVEC Editora. Vulto de um homem olhando para o leitor por uma janela estilizada à noite
Aos que habitam a escuridão e outras histórias, de Cesar Alcázar, publicação da AVEC Editora

O texto de Alcázar é muito bom de ler. Suas ambientações são bem construídas e cativam a leitura. Todas permitem a imersão do leitor, que vaga por contos terríveis ou estranhos.

Caminhando pelo inquietante

Reunindo vários contos do autor percebemos uma variedade de situações. Indo da simples inquietação à ficção científica, percebo como o autor foi hábil em suas criações. Cada conto te deixa em uma situação diferente e instiga o leitor.

Abaixo seguem os meus favoritos.

Segredos

Nada como uma boa história de família. Cheia de ranços secretos e sentimentos guardados. Sempre comento com meu amigo João Daniel como episódios familiares podem render excelentes histórias de terror. Esse conto comprova isso!

A música do quarto ao lado

Os degraus da loucura podem se apresentar de várias formas. Em alguns momentos são claros, mas em outros são sutis. Desta forma temos aqui um conto sobre um lampejo de realidade que surge em meio ao insano. Excelente conto.

Aos que habitam a escuridão

Aqui temos uma clara influência de H. P. Lovecraft. Vemos acontecimentos inusitados e terríveis, como sempre acontece com quem entra em contato com os Mitos do Cthulhu. Uma grande homenagem ao Cavaleiro de Providence. Indico muito a leitura.

Pandora

Que conto magnífico! Uma peça de horror cósmico em sua totalidade. Simplesmente envolve o leitor em uma sensação de impotência e diminuição. Inegavelmente maravilhoso ler, sendo uma pérola dentro da coletânea.

Na solidão de Phobos

Um interessante conto de ficção científica que fala sobre a terrível solidão. Um sentimento que devido ao seu peso pode levar o ser humano à completa loucura. Posto isso a atmosfera e a construção da narrativa passam perfeitamente a ideia dessa solidão devastadora. 

O filme

Fui levado ao Rei Amarelo, de Robert W. Chambers, de alguma forma. Neste conto temos uma aura noir bem legal. Apesar de não ter sido uma história que me pegou completamente, como os anteriores, ainda assim precisa ser lida.

Eu ainda estou aqui

A reflexão de um último homem na Terra não é nova. Entretanto é sempre poderosa e produz reflexão! Uma leitura que se liga bastante com o momento epidêmico que vivemos. Seu final é surpreendente e bem legal. Um conto simples, mas muito interessante.

Pela toca do coelho

As criações de Lewis Carroll perturbam e fascinam até hoje seus leitores. Aqui temos uma história que se utiliza dos elementos de Alice no País das Maravilhas, apesar de construir sua própria narrativa.

Como elemento central está o símbolo do palhaço que nos remete ao Coringa. Vemos a perda da humanidade do protagonista em confronto ao louco. Excelente!

A última viagem do Lemora

Esse conto traz novamente o personagem Capitão Blackburn. Narra uma situação completamente dantesca de um encontro marítimo indesejável. Aqui temos uma clara alusão aos contos Dagon e O Chamado de Cthulhu, de H. P. Lovecraft, assim como referência à Edgar Allan Poe e a citação ao livro A Narrativa de Arthur Gordon Pym, do mesmo autor. Muito bom ler essa história que mesmo sendo um relato final deixa margem a pensamentos. 

Conversa com o autor

Após a leitura tive a oportunidade de conversar com o próprio Cesar Alcázar, junto com meus parceiros do Clube de Leitura. Enquanto o papo rendeu excelentes histórias e risadas, ouvimos sobre as inspirações do autor.

Nós tentamos verificar se todas as referências que foram percebidas eram verdadeiras. Acertamos a grande maioria porém algumas eram impossíveis de serem alcançadas. Esse contato e troca com os autores nacionais é muito boa.

Conclusões finais

Você pode estar se perguntando porquê comento sobre esse livro ser uma beleza de leitura. A sutileza de um bom texto de terror, na minha opinião, é a melhor qualidade que pode ser encontrada.

Foto do escritor e tradutor Cesar Alcázar encostado na porta de um bar, à noite, tomando uma cerveja.
Cesar Alcázar – Escritor e Tradutor

Aqui temos um texto que te leva por meandros de medo e te arranca algum calafrio mas garante constantes reflexões. Que Cesar Alcázar escreva muito mais. Precisamos muito de autores assim!

Boa leitura! 

Agora adquira o seu!

Suas compras através de nossos links ajudam a manter o blog.
Basta clicar nas imagens abaixo e comprar na loja virtual!

Quer comprar outros livros de Cesar Alcázar?
Clique aqui para ver seus outros títulos!

Quer comprar outros títulos da AVEC Editora?
Clique aqui para ver outros títulos dessa editora!

Se você curtiu esta postagem, clique no botão curtir e deixe um comentário abaixo para que possamos trocar mais ideias!

Deixe uma resposta

Powered by WordPress.com. Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: