O Martírio de Joana Dark Side, de Wagner Willian

Eventos de quadrinhos e suas pérolas 

O Martírio de Joana Dark Side, de Wagner Willian me chamou atenção logo que o vi no evento Pop & Arts, onde também conheci o artista. Foi compra certa. 

Imagem do rosto de Joana d'Arc sendo mostrado num recorte de chamas.
O Martírio de Joana Dark Side – Wagner Willian – Editora Texugo

Esse quadrinho é uma publicação da Editora Texugo e possui prefácio de Gabriela Franco. Sua arte é toda em tons de cinza. Não deixe de visitar o site do autor, clicando aqui, onde você poderá adquirir a obra falando com ele diretamente.

Uma redenção para Joana d’Arc

Na história da heroína, ela acaba em um julgamento covarde e misógino, feito por homens poderosos. Embora fosse uma mulher guerreira e extremamente religiosa, acabaram condenando ela à fogueira.

O que eles não esperavam entretanto era encontrar alguém com uma fé inabalável. Sua retidão era grande o suficiente para conseguir um lugar eterno na história, enquanto seus algozes foram apenas esquecidos.

O autor nos leva pelos absurdos deste julgamento, através das divagações e respostas da personagem a cada pergunta feita. Aos poucos, suas respostas criam dúvidas e medo em seus acusadores, que por consequência buscam na insensatez a condenação da jovem.

As faces de cada personagem carregam inúmeros sentimentos e dúvidas. Wagner Willian expõe os poderosos ingleses, mostrando o quão frágil é a posição daqueles que criaram um circo em torno da guerreira francesa.

Em síntese a história nesse ponto faz paralelos claros com o machismo ainda tão atual, assim como ao absurdo covarde daqueles que se escudam em escrituras sagradas e religiões por temerem o poder do feminino.

No entanto, isso não é uma biografia da figura histórica. Aqui temos uma redenção: d’Arc se torna Dark. O final é incrível e certamente vale cada quadro!

Conclusões finais

Anjo para os franceses, demônio para os ingleses. A única certeza foi que sua fé marcou seu nome na história com o fogo sagrado. Por isso a arte do autor consegue elevar tanto a narrativa empregando-lhe qualidades etéreas e míticas.

Wagner Willian - Quadrinista e Roteirista
Wagner Willian – Quadrinista e Roteirista

Wagner Willian utiliza sua narrativa fantástica criando um final no qual Joana d’Arc assume seu posto histórico de um Anjo Vingativo. Mas o que é um pouco mais de misticismo para uma figura que há muito habita a terra das lendas? Em suma um quadrinho que vale ser apreciado.

Boa leitura!

Quer comprar outros livros de Wagner Willian?
Clique aqui para ver seus outros títulos!

Quer comprar outros títulos da Editora Texugo?
Clique aqui para ver outros títulos dessa editora!

Se você curtiu esta postagem, clique no botão curtir e deixe um comentário abaixo para que possamos trocar mais ideias!

Deixe uma resposta

Powered by WordPress.com. Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: