Lobisomem do Saara, de G G Pendarves

Um resgate incrível do mundo weird

A Carcosa Editora acabou de lançar Lobisomem do Saara, de G G Pendarves, em mais um resgate incrível de uma autora que eu não conhecia e adorei ler. A tradução é de Mimi Zanetti

O Lobisomen do Saara - G G Pendarves - Carcosa Editora
O Lobisomen do Saara – G G Pendarves – Carcosa Editora

A proposta da editora é trazer para o português autores ainda desconhecidos do grande público brasileiro. Aliás este trabalho incrível proporciona que tenhamos hoje, em língua portuguesa, obras que provavelmente nunca veríamos.

Quem é G.G. Pendarves?

Para respondermos esta pergunta, precisamos ler o artigo final O Oriente fantástico na ficção de G.G. Pendarves, assinado por Rodrigo Kmiecik, após o conto. O resgate da Carcosa Editora não poderia ser mais importante, pois a autora era uma das mais ativas escritoras das revistas weird.

Kmiecik faz uma análise detalhada biográfica e temporal da autora, perpassando por sua trajetória e obra. Seu artigo, aos moldes do que lemos na primeira edição Lodo (leia nossa resenha aqui), de Anthony M. Rud, eleva o trabalho editorial ao extremo. Parabéns pela empreitada, porque o diferencial da proposta se apresenta exatamente neste extra.

Infelizmente não existe uma foto desta mulher sensacional de imaginação tão estupenda. De certa forma, isso certamente acaba por somar ainda mais à sua aura enquanto autora. Sem dúvida alguma, uma escritora que precisamos ler mais e mais.

Um lobisomem no deserto?

Pois é isto mesmo que você leu. A história se passa no deserto e, G.G. Pendarves fez uma enorme pesquisa para ambientar seu leitor. Os termos de roupas e títulos, por exemplo, são completamente exatos com usos perfeitos, conforme o artigo de Kmiecik nos relata.

O conto é de 1936 e os elementos orientais dão a tônica na obra, enquanto vemos uma personagem que sabe exatamente o que quer. Sua coragem, mesmo estando no limiar do medo, a torna muito forte e temível. A autora desmistifica a mulher frágil e sem ação, criando uma personagem igual aos demais, com qualidades e defeitos, que poderão lhe ajudar na sua empreitada.

Temos vários elementos sobrenaturais muito bem colocados em uma história nitidamente influenciada pelas Mil e uma noites. Mundos se chocam em uma época onde o oriente despertava admiração envolto em brumas fantásticas para um mundo ocidental que o observava estupefato. Uma visão romantizada, mas que permeia o enredo desenvolvido.

Conclusões finais

Em conclusão, se você, como eu, quer encontrar e ler histórias variadas das mais inimagináveis penas, é importante, senão crucial, acompanhar a Carcosa Editora. O trabalho de Mimi Zanetti e Rodrigo Kmiecik é de última grandeza.

Apoiem as editoras independentes e o trabalho arqueológico que elas fazem. Nós leitores somos os maiores beneficiados, pois mundos novos se abrem com a literatura.

Boa leitura!

Quer comprar outros títulos da Carcosa Editora?
Clique aqui para ver outros títulos dessa editora!

Quer comprar outros títulos da Carcosa Editora?
Clique aqui para ver outros títulos dessa editora!

Seja um Apoiador do blog!
Seja um Apoiador do blog!

Temos um Clube de Assinatura no Catarse

Deixe uma resposta

Powered by WordPress.com. Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: