Sweeney Todd, o barbeiro demoníaco de Fleet Street

Finalmente o famoso penny blood

Chegou enfim a vez de ler Sweeney Todd, o barbeiro demoníaco de Fleet Street, de Thomas Peckett Prest e James Malcolm Rymer, publicação da Editora Wish, com tradução de Carolina Caires Coelho

Sweeney Todd O Barbeiro Demoníaco de Fleet Street - Thomas Peckett Prest e James Malcolm Rymer - Editora Wish
Sweeney Todd O Barbeiro Demoníaco de Fleet Street – Thomas Peckett Prest e James Malcolm Rymer – Editora Wish

Com um projeto gráfico incrível, a Editora Wish vem marcando seu espaço no mercado editorial com obras excelentes. Seus livros constam não só nas listas dos mais belos do mercado, assim como dentre alguns dos resgates literários mais interessantes. 

Nada como um excelente prefácio

O prefácio leva a assinatura de Valquíria Vlad, que nos entrega um texto excelente que não apenas ambienta o leitor na época, bem como ensina as diferenças entre os penny bloods e os penny dreadfuls. Fica aqui meus parabéns pela informação trazida, não só importante, mas também necessária, . 

Chegamos em Londres, na Fleet Street 

O que hoje recebemos como livro, não foi concebido desta forma. Os capítulos eram publicados separadamente, se assemelhando muito às atuais novelas e séries. Isso certamente deixava o público vidrado, tecendo inúmeras conjecturas sobre os rumos da trama. 

Se hoje podemos imaginar o enredo como simples, o que particularmente não acho, na época deveria realmente ter dado muito o que falar. A história segue mostrando as atitudes questionáveis do barbeiro maldito e de toda uma enorme gama de personagens coadjuvantes. 

Temos várias críticas à sociedade da época, principalmente no que tange a existência de um manicômio. Instituições totais sempre serão fontes de histórias escabrosas e aqui não é diferente. O destino de pessoas, muitas vezes sãs ficam nas mãos de pessoas com poder de ditar ou não sua saúde mental, seja ela competente ou não.

O texto tem um começo moroso. Talvez pela apresentação de tantos personagens tenha percebido assim. Passado o início a história ganha velocidade e temos um enredo capaz de prender o leitor, capítulo após capítulo. 

Considerações finais 

Uma história que não perde sua majestade no imaginário dos seus leitores e ganhou fama. Rendeu um filme homônimo, dirigido por Tim Burton e estrelado por Johnny Depp. Ainda hoje segue como marco dos penny bloods

O trabalho da Editora Wish deve certamente ser acompanhado. Não só neste livro, como também em outros títulos de seu catálogo você vai encontrar boas opções de leitura. Mas esteja avisado: nesta barbearia quem adentra pode não mais sair. 

Boa leitura!

Se você curtiu esta postagem, clique no botão curtir e deixe um comentário abaixo para que possamos trocar mais ideias!

Quer comprar outros títulos da Editora Wish?
Clique aqui para ver outros títulos dessa editora!

Se você curtiu esta postagem, clique no botão curtir e deixe um comentário abaixo para que possamos trocar mais ideias!

Seja um Apoiador do blog!
Seja um Apoiador do blog!

Temos um Clube de Assinatura no Catarse

2 comentários em “Sweeney Todd, o barbeiro demoníaco de Fleet Street

Adicione o seu

  1. Ouço muito falar sobre penny dreadfuls, mas não sei bem o que é e fico feliz de saber que entenderei melhor quando ler o prefácio desse livro (que tenho, mas ainda não li) ^^
    Eu gosto muito do filme e por isso tenho ainda mais vontade de ler o livro.

Deixe uma resposta

Powered by WordPress.com. Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: