O Verme da Sorte, do Conde Eric Stenbock

Devemos apoiar boas propostas

Foi através da Editora Raphus Press que conheci O Verme da Sorte, do Conde Eric Stenbock. A editora, também independente, traz uma proposta de resgate interessantíssima que se apresenta por intermédio de seu Clube de Assinaturas chamado Res Ficta, no Catarse

O Verme da Sorte - Conde Eric Stenbock - Editora Raphus Press
O Verme da Sorte, do Conde Eric Stenbock

Com tradução de Alcebiades Diniz, esta obra traz o prefácio incrível intitulado Sortes Sardônicas e Mortes Poéticas, do querido Thassio Rodriguez Capranera

O destino e suas pequenas peculiaridades

Temos nesta história o relato do jovem cigano Sandor, que se vê rejeitado por sua mãe e odiado por seu padrasto. Sem o calor familiar a fuga é a saída que encontra, indo morar com seu povo.

De sua decisão, anos se passam enquanto ele se estabelece como um cigano e exímio músico. Com seu talento, consegue fama e riquezas, as quais leva para os seus iguais. Pois é neste momento que o destino mostra sua força e o faz encontrar novamente figuras de um passado distante mas nunca esquecido. 

Uma alegoria muito interessante e sinistra, apesar de poética, que termina de uma forma inesperada. 

Considerações finais

Quer ter acesso a este tipo de publicação? Faça sua assinatura no Res Fiscta da Raphus Press no Catarse. Precisamos certamente que mais resgates e trabalhos deste calibre cheguem ao mercado nacional.

ResFicta - Clube de Assinatura - Catarse
ResFicta – Clube de Assinatura no Catarse

Esta resenha, aliás, apresenta apenas uma das obras entregues aos assinantes. Convido todos à conhecer o trabalho da Raphus Press pois outras obras estão sendo publicadas, todas em formato digital.

Boa leitura! 

Se você curtiu esta postagem, clique no botão curtir e deixe um comentário abaixo para que possamos trocar mais ideias!

Seja um Apoiador do blog!
Seja um Apoiador do blog!

Temos um Clube de Assinatura no Catarse

Deixe uma resposta

Powered by WordPress.com. Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: