A Casa no Limiar, de William Hope Hodgson

Uma viagem em si mesmo

Termino o livro A Casa no Limiar, de William Hope Hodgson, certo de que esta certamente é uma das grandes obras weird de todos os tempos. Uma narrativa densa que te leva junto com dois jovens à descoberta de um estranho manuscrito. 

A casa no limiar - William Hope Hodgson - Editora Diário Macabro
A casa no limiar – William Hope Hodgson – Editora Diário Macabro

Traduzido por Mimi Zanetti, a obra é uma publicação da Editora Diário Macabro e que finalmente chega ao nosso blog. Inegavelmente uma leitura que vai mexer com você!

O estranho absoluto

Os acontecimentos do livro se passam no interior da Irlanda, um local curioso para se conhecer. Dois jovens viajam para pescar em um remoto vilarejo, onde surpreendentemente nem mesmo o idioma inglês é falado. Ali se deparam com as ruínas de uma casa e nela descobrem um antigo manuscrito. 

O autor do texto, chamado apenas de Recluso e sem um nome conhecido, relata os estranhos acontecimentos com os quais começa a testemunhar. Como únicos companheiros estão sua irmã e seu cachorro. 

Quando imaginamos que iremos ler apenas uma história estranha e sobrenatural, o autor sem dúvida alguma vai além. O leitor vivenciará o horror de seres terríveis, passando não apenas por cavernas esquecidas e inundadas, assim como por viagens oníricas e cósmicas, que podem parecer terríveis alucinações de um homem entorpecido. 

Percebe-se portanto que a maior aventura está dentro do próprio protagonista, que vive uma história única, na qual sua relação com a irmã deixa no ar nuances além da própria irmandade. Interessante demais esta leitura.

Paratextos sensacionais

Ademais, temos de falar dos paratextos da obra: tanto o prefácio de Alcebíades Diniz Miguel, que prepara o leitor para a grande viagem que será feita, quanto o posfácio de Iain Sinclair, que faz uma análise inegavelmente interessante da história. 

Alcebíades ainda assina um pequeno texto sobre o próprio Iain Sinclair, certamente valioso, para entendermos quem é o posfaciador. 

Dois contos macabros

Ao final, ainda temos dois contos de William Hope Hodgson, finalizando o livro. Ambos excelentes, são eles: A deusa da morte e O explosivo Baumoff.

Para este último conto, vale deixar nota especial, visto que é um dos melhores contos que já li. A atmosfera do relato e seu desfecho são simplesmente estupendos. Não deixe de ler este texto. 

Considerações finais 

Em suma, ler William Hope Hodgson e o livro A Casa no Limiar é fundamental para quem gosta de literatura de horror. Seu texto é muito excelente e não à toa foi trazido nesta edição linda da Editora Diário Macabro

William Hope Hodgson - Escritor - Canto do Gárgula
William Hope Hodgson – Escritor

Precisamos certamente ampliar nosso repertório de autores e as editoras independentes estão nos ajudando neste processo. Apostem nas obras de editoras como a Diário Macabro e tantas outras que aparecem aqui pelo blog. Elas fazem o nosso Imaginário ir muito mais longe.

Boa leitura!

Agora adquira o seu!

Suas compras através de nossos links ajudam a manter o blog.
Basta clicar nas imagens abaixo e comprar na loja virtual!

Quer comprar outros títulos da Editora Diário Macabro?
Clique aqui para ver outros títulos dessa editora!

Se você curtiu esta postagem, clique no botão curtir e deixe um comentário abaixo para que possamos trocar mais ideias!

Canto do Gárgula - Catarse
SEJA UM PATROCINADOR DO CANAL!

Deixe uma resposta

Powered by WordPress.com. Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: