Presunção, ou a Sina de Frankenstein, de Richard Brinsley Peake

A peça que eternizou a imagem de Frankenstein

Realmente temos a sorte de podermos ler Presunção, ou a Sina de Frankenstein, de Richard Brinsley Peake, em português. Este livro, inclusive, traz a peça de teatro que modela a imagem do monstro de Frankenstein tal qual imaginamos hoje em dia.

Presunção ou a Sina de Frankenstein - Richard Brinsley Peake - Editora Sebo Clepsidra - Canto do Gárgula
Presunção ou a Sina de Frankenstein – Richard Brinsley Peake – Editora Sebo Clepsidra

Publicação do Sebo Clepsidra na Coleção Teatro Insólito, conta com a tradução da prosa e o prefácio de Alcebiades Diniz Miguel. Já a tradução dos versos quem assina é Douglas Cordare. Uma obra que agrega mais conhecimento ao leitor, além de ser inegavelmente linda. Como um bom exemplo da beleza da edição está na apresentação de imagens de uma cortina fechada entre cada ato. Genial!

Presunção ou a Sina de Frankenstein - Richard Brinsley Peake - Editora Sebo Clepsidra - Canto do Gárgula
Presunção ou a Sina de Frankenstein – Richard Brinsley Peake – Editora Sebo Clepsidra

Apesar de não ser imprescindível, é muito aconselhável a leitura do livro original Frankenstein, de Mary Shelley, em algum momento. Obviamente, se puder ler antes, melhor, mas não impede a leitura deste livro. Clique aqui para ler nossa resenha sobre a obra imortal de Shelley.

Um monstro antes e depois de Peake

Já no prefácio de Alcebiades Diniz Miguel temos uma perfeita explicação da importância da peça. Seja pelo testemunho da própria Mary Shelley, seja pela constatação que o roteiro entrega à história para um público que antes não teria fácil acesso ao livro, a peça solidifica sua importância no imaginário da época dada a fama que teve.

Presunção ou a Sina de Frankenstein - Richard Brinsley Peake - Editora Sebo Clepsidra - Canto do Gárgula
Presunção ou a Sina de Frankenstein – Richard Brinsley Peake – Editora Sebo Clepsidra

Dividida em três atos, o leitor vai notar muitos fatos que nós acreditamos serem oriundos do livro de Mary Shelley, mas que na verdade são fruto da imaginação e criatividade de Richard Brinsley Peake. Conforme disse acima, por mais que a autora entenda e dê crédito a adaptação, ela pontua a distância que o texto teatral mantém de várias das reflexões do original. É fantástico descobrir isso!

Um Apêndice que você vai gostar

Percebemos tanto pela Apresentação, de Cid Vale Ferreira, como pelo conto O monstro criado pelo homem ou O castigo da presunção, de autoria anônima, a força desta peça teatral, que se propaga por adaptações e cópias. Comum à época, várias histórias acabavam sendo adaptadas aos bluebooks e chapbooks da época, o que não seria diferente com Frankenstein. Recontada com passagens modificadas, a história ainda assim mantém sua essência, o que se percebe facilmente.

Considerações finais

A leitura da peça de teatro Presunção, ou a Sina de Frankenstein, de Richard Brinsley Peake, valiosa e importante ao leitor, vai mostrando as modificações sobre o original. Sem imaginar, Peake acaba por criar a imagem que vai ser eternizada em nosso imaginário atual.

Presunção ou a Sina de Frankenstein - Richard Brinsley Peake - Editora Sebo Clepsidra - Canto do Gárgula
Presunção ou a Sina de Frankenstein – Richard Brinsley Peake – Editora Sebo Clepsidra

Certamente o amante da literatura gótica acabará tendo vários livros do Sebo Clepsidra em sua estante. O resgate literário que eles vêm fazendo através de uma curadoria impecável já é amplamente reconhecido pelos leitores e fãs do gênero. O trabalho editorial preza pela qualidade e cuidado extremo e neste livro percebemos isso claramente. Que venham muitos mais títulos pois certamente precisamos conhecer tantas obras que, de outra forma, não conheceríamos.

Boa leitura!

Quer comprar outros títulos da Sebo Clepsidra?
Clique aqui para ver outros títulos dessa editora!

Agora adquira o seu!

Suas compras através de nossos links ajudam a manter o blog.
Basta clicar nas imagens abaixo e comprar na loja virtual!

Se você curtiu esta postagem, clique no botão curtir e deixe um comentário abaixo para que possamos trocar mais ideias!

Canto do Gárgula - Catarse
SEJA UM PATROCINADOR DO CANAL!

Deixe uma resposta

Powered by WordPress.com. Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: