Flores para Algernon, de Daniel Keyes

Um livro feito para mudar você

Escrevo esta resenha no momento exato em que termino o livro Flores para Algernon, de Daniel Keyes. Ao mesmo tempo que a minha mente está fervilhando em pensamentos, meu corpo está formigando. Percebo que as lágrimas estão de prontidão, mas não choro, apenas reflito. 

Flores para Algernon - Daniel Keyes - Editora Aleph
Flores para Algernon, de Daniel Keyes

Publicação da Editora Aleph, com tradução de Luisa Geisler, este livro vai mexer com você de alguma forma. Fica o aviso para você preparar o seu espírito para lê-lo.

A vida é um momento

Charlie é um protagonista com cerca de trinta anos. Ele é um homem especial que possui uma deficiência intelectual que o limita a perceber o mundo, entretanto leva sua vida da melhor forma que pode. Ele é feliz assim e tem um desejo apenas: ser inteligente. 

Desejos são motores importantes demais por conta do seu poder. Exatamente pela sua intenção de ser inteligente e achar que isso deixará todos os seus amigos mais felizes, Charlie é colocado em um experimento único e inédito. Assim ele sofrerá uma cirurgia para aumentar sua inteligência. Entretanto ele não fez por si, mas sim por quem era importante para ele. 

O procedimento acontece e, aos poucos, o obtuso Charlie dá lugar a um novo homem. Agora ele se percebe diferente e o mundo começa a ganhar um novo sentido para ele. Seu desenvolvimento acontece em paralelo ao de Algernon, um rato de laboratório que, assim como ele, sofreu o mesmo experimento. 

Cada pétala dessa flor, uma reflexão 

Acompanhar o trajeto de Charlie por seus Relatórios de Progresso, certamente coloca o leitor em um assento muito próximo ao personagem. Escrito de forma epistolar, sem divisões em capítulos, o enredo ganha dessa maneira uma dimensão única. A sensação que se tem ao ler a narrativa é de estar mergulhando em um lago escuro, cheio de segredos e novidades, onde seu pulmão é tudo o que tem para chegar ao outro lado. 

Se sua leitura me transportou para uma esteira cheia de acontecimentos, seu texto me levou a inúmeras referências e lembranças. A ficção científica de Reyes é extremamente habilidosa neste sentido. Durante a leitura, me recordo de ter por algumas vezes lembrado de histórias como Frankenstein e O Médico e o Monstro. Este livro não conta de maneira alguma uma história de terror e sequer possui um monstro. Ademais, ele joga reflexão atrás de reflexão, no colo de seu leitor. Sobre Charlie recaem inúmeras dúvidas e perguntas. 

A cada reflexão, outra pétala nasce

Fico neste momento lembrando de cada ponto e é fácil de entender o sucesso da obra. Assim como as referências literárias que possa ter feito, igualmente grandiosas são as identificações com a vida. 

Acredito ser difícil não se identificar de alguma forma com Charlie. Para mim foi um processo incrível e poderoso, quando me vi em uma criança inocente buscando descobrir o mundo real. O fim de uma magia que nem sempre é uma época fácil. Flores para Algernon mexe com nosso âmago e vamos relembrar de muita coisa enquanto lemos. Esta experiência só o leitor poderá vivenciar, pois é muito particular. 

O Charlie modificado apenas empresta sua história como gatilho de recordações. Seu testemunho te dá a coragem de recordar. Em alguns momentos me via sentado no divã revendo meus momentos. 

Ao mesmo tempo que somos o conjunto de vivências e momentos passados, a pontualidade do presente nos faz refletir sobre a vida. Uma vida, que independente do tempo que dure, é tão relativa, única e fugaz. Talvez o formigamento que esteja sentindo seja a percepção do tempo me atravessando. 

Considerações finais 

Em resumo, um livro que guardarei eternamente em minha mente, pouco importando a finitude deste tempo. A leitura nos eleva para fora das imperiosas leis da física. O incompreendido Charlie lhe deu a oportunidade de trilhar com ele seus momentos. Aproveite todos, pois eles serão únicos! 

Daniel Keyes - Escritor
Daniel Keyes

Certamente este livro entra para o seleto rol das melhores leituras que já fiz na vida. Espero que você tenha fôlego para atravessar este mar com Charlie. Não será fácil, mas será especial, pode ter certeza. 

Ao final temos a certeza de que valeu a pena. A poesia da última frase é o afago que qualquer alma precisa. Finalmente uma lágrima caiu de meus olhos. 

Obrigado, Charlie. 

Agora adquira o seu!

Suas compras através de nossos links ajudam a manter o blog.
Basta clicar nas imagens abaixo e comprar na loja virtual!

Se você curtiu esta postagem, clique no botão curtir e deixe um comentário abaixo para que possamos trocar mais ideias!

Canto do Gárgula - Catarse
SEJA UM PATROCINADOR DO CANAL!

Deixe uma resposta

Powered by WordPress.com. por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: