O Labirinto do Fauno, de Guillermo Del Toro e Cornelia Funke

O filme inspira o livro

Normalmente vemos livros inspirando o cinema, mas com O Labirinto do Fauno, de Guillermo Del Toro e Cornelia Funke, o caminho foi o inverso. Este livro foi escrito do filme para o papel e o resultado não poderia ser melhor. 

O Labirinto do Fauno, de Guillermo Del Toro e Cornelia Funke - Editora Intrínseca

Publicado pela Editora Intrínseca e traduzido por Bruna Beber, a obra ainda traz as ilustrações belíssimas de Allen Williams. Um capricho editorial que inegavelmente dá ao leitor uma experiência única.

Ao final, temos um posfácio da própria Cornelia explicando como fez o livro. Um trabalho que junta não apenas a escritora, mas também a fã. Sua adição memorável vem na forma de dez contos que funcionam como interlúdios, somando informações ao mundo de Del Toro

Poesia, política e fábula 

Quem não viu o filme O Labirinto do Fauno (2006) aconselho demais que assistam. Ele é belíssimo e traz a história de Ofélia, uma jovem menina que se vê órfã em meio a Espanha de Franco. Sua mãe se casa novamente com o Capitão Vidal, um homem violento e sem piedade, que quer destruir um movimento rebelde em uma vila isolada. Sua vida se torna um inferno na mão do padrasto até que um estranho ser surge para ela. Deste encontro sua vida nunca mais será a mesma pois um mundo sombrio e fantástico se descortina para a menina.

O Labirinto do Fauno, de Guillermo Del Toro
Ofélia e o Fauno

De cara é fácil perceber que o enredo traz uma visão política contra o fascismo. Entretanto é importante lembrar que entremeada a crítica política está uma poesia belíssima narrada num conto de fadas moderno, assim como uma fábula impecável. Outro ponto que vale salientar é a influência de Arthur Machen à esta história.

O Labirinto do Fauno, de Guillermo Del Toro

Fruto da visão única de Del Toro, o filme é um dos meus preferidos e este livro não fica atrás um milímetro sequer. Inegavelmente o trabalho de Cornelia Funke vai além do desafio de transcrever o filme. Ela cria adendos tão ricos e deliciosos que o leitor se perceberá com a leitura, tendo visto ou não o filme. Na verdade, não é necessário ter visto filme, estando o livro impressionantemente fiel à película. 

Considerações finais 

Em suma, estou muito surpreso com o trabalho da escritora em conjunto com Del Toro. Ela alcança com maestria seu objetivo e realmente entrega mais. Uma experiência nova e absolutamente incrível. 

Quem já viu o filme, vai relembrar muitos momentos incríveis. Quem não leu, certamente os vivenciará e irá sonhar. Apostar nesta obra é uma dica valiosa. 

Conhecia a história? Me conta aí… 

Agora adquira o seu!

Suas compras através de nossos links ajudam a manter o blog.
Basta clicar nas imagens abaixo e comprar na loja virtual!

Quer comprar outros títulos da Editora Intrínseca?
Clique aqui para ver outros títulos dessa editora!

Se você curtiu esta postagem, clique no botão curtir e deixe um comentário abaixo para que possamos trocar mais ideias!

Canto do Gárgula - Catarse
SEJA UM PATROCINADOR DO CANAL!

2 comentários em “O Labirinto do Fauno, de Guillermo Del Toro e Cornelia Funke

Adicione o seu

Deixe uma resposta

Powered by WordPress.com. por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: