Semente Originária – Volume 1, de Octavia Butler

Como é prazeroso ler um excelente livro

Ao terminar de ler Semente Originária – Volume 1, de Octavia Butler, estava inegavelmente maravilhado! Virei para minha namorada, eufórico, e apenas disse isso: “Como é bom ler um livro excelente assim. Que livro! Ual!” Fiquei ali dessa maneira, por alguns minutos, perplexo.

Semente Originária - Octavia E. Butler - Editora Morro Branco
Semente Originária – Octavia E. Butler – Editora Morro Branco

Publicação da Editora Morro Branco, que carinhosamente nos mandou um exemplar, vejo que fiz bem em começar o ano lendo um livro de Octavia. A tradução desta obra foi feita por Heci Regina Candiani

A empatia é o poder absoluto

A história inicia apresentando seus dois protagonistas: Doro e Anyanwu. Doro é um imortal de 4 mil anos de idade, que vive em uma tarefa sem fim de reunir pessoas com dons superiores, reproduzindo-os em busca de uma linhagem perfeita. Ele não possui compaixão e executa seu trabalho com mão de ferro. Temido, venerado e respeitado, nada o abala ou faz mudar suas decisões. Mudando de corpos ao seu bel prazer, a vida para ele é algo efêmero. 

Anyanwu é uma semente original ou por definição uma pessoa que possui dons além da compreensão humana. Vivendo a mais de 300 anos, permaneceu como curandeira para seu povo, que apesar de desconfiar de sua magia, entende que ela é importante. Seu corpo é dotado de poderes especiais que lhe permitem ser o que deseja. Suas mudanças seguem não só pelos traços físicos, assim como sexuais, chegando a sintonia perfeita com a natureza. 

Tudo muda quando ele a encontra e desta aproximação, a vida de ambos é posta à prova através dos tempos. Como lados de uma moeda, eles se digladiam, lutam, amam e buscam de alguma maneira entender seu lugar no mundo. 

Octavia brinca com as camadas do texto

Como já esperava, o texto de Octavia é rico e cheio de reflexões. Se Doro é a personificação do poder masculino, duro, cruel e egoísta, Anyanwu é a idealização do poder feminino, forte, livre e acolhedora. 

Suas nuances particulares entram em conflito e desta situação acabamos refletindo sobre a natureza humana. A autora ainda nos leva a imaginar cada um deles trocando e experimentando, infinitamente, enquanto são muito mais do que apenas homens e mulheres. 

No cerne de seu embate estão a empatia, o respeito, a liberdade e a aceitação. Um livro que te leva por séculos de uma convivência imortal que compartilha a mortalidade de seus entes mais próximos e o sofrimento por suas perdas. Qual o real valor de uma vida? 

Considerações finais 

Em conclusão, um livro necessário em tempos tão egoístas. A mente afiada de Octavia E. Butler a elevou ao patamar imortal e atemporal. Ela senta conosco e conta sua história e é esta sensação que tenho assim que leio cada livro dela. 

Octavia E Butler - Escritora
Octavia E. Butler

Considerada a mãe do afrofuturismo, suas concepções de personagens e a forma como traz para o leitor questões cruciais da esfera humana, lhe dão espaço especial e único no rol das grandes mentes da literatura. 
Se querem um conselho: leiam muito Octavia E. Butler e se permitam antes de tudo ousar. Ela faz isso a cada livro, convidando o leitor a seguir com ela em uma viagem única, importante e inesquecível.

Agora adquira o seu!

Suas compras através de nossos links ajudam a manter o blog.
Basta clicar nas imagens abaixo e comprar na loja virtual!

Se você curtiu esta postagem, clique no botão curtir e deixe um comentário abaixo para que possamos trocar mais ideias!

Canto do Gárgula - Catarse
SEJA UM PATROCINADOR DO CANAL!

Deixe uma resposta

Powered by WordPress.com. por Anders Noren

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: